BMW desenvolve novas soluções a hidrogénio

BMW

Depois da Toyota, também a BMW está a desenvolver protótipos de veículos de passageiros com célula de combustível de hidrogénio. Esta nova opção vem juntar-se à oferta de carros a bateria já existente.

Muitos dos maiores construtores de automóveis estão a vender viaturas elétricas, mas outros estão a desenvolver alternativas a hidrogénio. Tudo para salvar o planeta e, claro, as marcas. 

A BMW é a maior defensora do hidrogénio entre as fabricantes alemãs, traçando um caminho para um modelo que poderá estar no mercado em 2030.

O protótipo avançado baseia-se no modelo X5 e conta com financiamento do governo alemão. Momento em que o país  prepara-se para investir milhares de milhões no hidrogénio em setores como o aço ou os produtos químicos para cumprir as metas climáticas.

Jürgen Guldner, que lidera o programa de carros com célula de combustível a hidrogénio, disse em entrevista à Reuters que a marca construirá uma frota de teste com quase uma centena de carros, em 2022.

“Seja esta tecnologia impulsionada pela política ou pela procura, nós estaremos prontos com um produto. (…) Já estamos a trabalhar para desenvolver os veículos da próxima geração.”

 Jürgen Guldner, o vice-presidente da BMW

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados