Lisboa em 5º lugar no índice da Microsoft na qualidade do ar

índice Lisboa Microsoft
Lisboa é a 4ª cidade com melhor retorno nas medidas de mobilidade urbana, mas surge em 29º lugar quanto ao nível de desenvolvimento das mesmas.

,Segundo o Índice de Mobilidade Inteligente da Microsoft, Lisboa é a 5ª cidade europeia com mais veículos elétricos (VEs) e melhor qualidade do ar. Tal se deve à eficácia e retorno das medidas aplicadas.

O Índice de Mobilidade Inteligente da Microsoft

O confinamento provocado pela pandemia levou a que muitas pessoas repensassem as suas escolhas de mobilidade. Apesar de 76% das empresas europeias já terem adotado políticas de trabalho remoto e de se prever uma redução na locomoção dos colaboradores para os escritórios, a necessidade de soluções de mobilidade urbana inteligente mantém-se.

No passado mês de fevereiro, a Microsoft divulgou um índice com dados de 29 cidades europeias, incluindo Lisboa, que avalia o nível de desenvolvimento e penetração de medidas de mobilidade urbana inteligentes e os resultados da implementação das mesmas.

A realização deste estudo teve em conta um total de 35 indicadores de mobilidade urbana inteligente  e 3 pressupostos de análise. Entre eles a aposta em transportes com fontes de energias renováveis, o tempo despendido em transportes e a digitalização dos mesmos. O índice de Mobilidade Inteligente da Microsoft contou ainda com mais de 20 fontes internacionais, tais como o Eurostat, a Agência Europeia do Meio Ambiente e a OCDE.

Lisboa no ranking europeu

índice Microsoft Lisboa

No que diz respeito à aposta em transportes com fontes de energias renováveis, Lisboa encontra-se no topo da tabela. Ocupa o 6º lugar no uso de VEs e o 5º lugar na penetração de VEs no parque rodoviário da cidade.

Nesta mesma análise, a capital é considerada a 2ª melhor cidade na qualidade das estradas, e a 7ª  no nível de adequação face ao volume de tráfego.

O índice revela ainda que, graças à aposta em meios de locomoção mais verdes, Lisboa está em 13º no nível de redução de emissões de C02, tendo uma performance de 36% acima da média (5º lugar) no nível de concentração de partículas finas no ar.

Quanto ao tempo despendido em transportes e à adoção de várias alternativas de locomoção, a capital surge penalizada.

Já no início deste ano o relatório anual da TomTom dava-nos conta dos níveis elevados de congestionamento em Lisboa. Apesar de existirem várias alternativas aos automóveis, os portugueses parecem ter preferência pelas trotinetes elétricas (5º lugar).

índice Microsoft Lisboa

Lisboa é a 4ª cidade com melhor retorno nas medidas de mobilidade urbana, mas surge em 22º lugar quanto ao nível de desenvolvimento das mesmas. No que toca à digitalização nos transportes, Lisboa e Atenas partilham o último lugar no Índice de Mobilidade da Microsoft.

Tal se deve ao fraco investimento público nas infraestruturas de mobilidade urbana,  o que demonstra um baixo nível de digitalização das instituições do Estado comparativamente aos restantes países europeus.

Conclusões

Verifica-se ainda uma relação direta entre a performance das cidades nestes indicadores e o nível de satisfação dos seus residentes. Como resultado, Lisboa e Atenas são também as cidades com pior nível de satisfação por parte dos seus residentes.

“Resolver os desafios complexos de mobilidade irá exigir inovação capacitada pela colaboração entre a autarquia, serviços de mobilidade, transportadores públicos e privados e tecnológicas. O conceito de mobilidade está a caminhar para um sistema mais inteligente, impulsionado pela conectividade, dados em tempo real e Inteligência Artificial.” Afirma Paula Panarra, Diretora-Geral da Microsoft Portugal.

Esta classificação pode ser vista também como uma oportunidade. Existe espaço para o investimento e desenvolvimento numa área que pode oferecer à cidade um retorno positivo na gestão eficiente dos seus transportes.

Copenhaga é o exemplo de que a utilização de dados, de forma mais integrada, entre as várias infraestruturas do sistema de mobilidade urbana resulta na obtenção de uma melhor classificação na qualidade de vida e na eficiência do sistema de mobilidade.

Aproveite e conheça um pouco mais sobre a Microsoft Portugal no vídeo abaixo.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados