LeasePlan divulga o Car Cost Index 2020

iStock 1127351607

LeasePlan está a divulgar o seu Índice Anual Car Cost Index 2020, uma análise abrangente que revela o verdadeiro custo de ter um automóvel – incluindo combustível, depreciação, impostos, seguros e manutenção – em 18 países europeus.

Está aí o Car Cost Index 2020 da LeasePlan, estudo abrangente que – entre muitos outros dados – mostra que os veículos elétricos do segmento médio familiar (VE) têm agora custos competitivos quando comparados com os veículos a gasolina e diesel na maioria dos países inquiridos.

“A boa notícia é que os custos dos VE estão a baixar e estamos a assistir ao desenvolvimento de um forte mercado de VE em segunda mão para os VE de qualidade usados. A má notícia é que os governos não estão a fornecer as infraestruturas de carregamento necessárias para satisfazer a procura do mercado. Os decisores políticos nacionais e locais precisam de acelerar agora e investir numa infraestrutura de tarifação universal, acessível e sustentável para permitir que todos façam a mudança para VE. Apoiar a transição para a mobilidade elétrica é o melhor investimento que os governos podem fazer – os VE são bons para os condutores, bons para a qualidade do ar, e uma das formas mais eficazes de combater as alterações climáticas”, disse Tex Gunning, CEO da LeasePlan.

6 Destaques do LeasePlan Car Cost Index 2020:

1.Os VE no segmento médio familiar (D2) são totalmente competitivos em termos de custos em comparação com os veículos com motor de combustão interna (ICE) em 14 países, incluindo Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Países Baixos, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido

2.Os VE do segmento pequeno familiar (C1) apresentam valores de TCO muito idênticos quando comparados com os ICE em 8 países: Alemanha, Itália, Países Baixos, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça, Reino Unido

3.O custo médio mensal da condução de um carro varia muito em toda a Europa, desde 491 euros por mês na Hungria até 926 euros por mês na Suíça

4.Em relação ao PIB, o custo total de propriedade é mais elevado para os condutores em Itália e Portugal, e mais baixo para os condutores na Dinamarca e na Suécia;

5.A Noruega e a Suíça são os países mais caros para conduzir carros ICE. Por outro lado, os carros elétricos são significativamente mais baratos do que todos os ICE na Noruega e mais baratos do que os carros a gasolina na Suíça;

6.A Hungria é o país mais barato para conduzir um carro a gasolina. A Grécia é o mais barato para conduzir um carro a gasóleo.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados