A febre das Trotinetas está de volta

trotinetas

As trotinetas continuam a ser sinónimo de diversão e a procura voltou a disparar no Porto. Segundo a empresa Bird os números atuais equiparam-se os registados antes da pandemia. Só este ano, já foram percorridos cerca de 530 mil quilómetros em trotineta, pelo Porto e Gaia.

Apesar de o número de viagens na região do Porto ter diminuído drasticamente durante a pandemia, os números já voltaram aos registados em 2019.

Entre turistas e utilizadores locais, são vários os casais e famílias que, para aproveitar o calor, apostam em passeios de trotineta junto ao rio. Há quem também recorra a este transporte para se dirigir ao trabalho ou ao ginásio.

Todavia, o cuidado com os veículos, bem como a preocupação com o respetivo estacionamento, parece não acompanhar esta procura.Na Baixa da cidade, muitos vêem-se obrigados a fintar as trotinetas caídas no chão ou abandonadas sem cautela, como acontece, por exemplo, na Rua das Flores.

Face a isto, está a ser testada uma nova tecnologia que limita o estacionamento dos veículos em espaço público, por forma a que os utilizadores só os possam deixar nas áreas designadas para o efeito.

Trotinetas Lime, Bolt, Bird ou Link?

Lime|18 cêntimos por minuto, sem taxa de desbloqueio. Velocidade máxima 25Km/h.

Bolt | 20 cêntimos por minuto, sem taxa de desbloqueio. Valor máximo diário de 19€.

Bird | 15 cêntimos por minuto e 1 euro de taxa de desbloqueio. Serviço disponível entre as 07h00 e as 21h00.

Link | 15 cêntimos por minuto, sem taxa de desbloqueio. Autonomia de 98 Km.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
AUDI A3 SPORTBACK
Saber Mais

Audi A3 mais tecnológico

A quarta geração do Audi A3 já chegou a Portugal. O modelo repete a fórmula de sucesso da…