2021: Brisa aposta em 82 carregadores para carros elétricos

iStock 1018354368
Brisa promete 82 postos de abastecimento para eléctricos em 2021

Através de um investimento de cerca de 10 milhões de euros, a Brisa vai disponibilizar um total de 82 carregadores para veículos elétricos até ao final de 2021. A rede será explorada através da marca Via Verde Eletric e que inclui as principais autoestradas nacionais. Os carregadores ficarão instalados junto à área de restauração.

É uma boa noticia para os utilizadores de carros elétricos, que convivem com a angústia de terem poucos postos de abastecimento ao longo das suas viagens. Entre os 82 carregadores agora anunciados, metade servirão para cargas ultrarrápidas, com potência entre 150 e 350 kW; os restantes 41 carregadores serão de carga rápida, com potência de 50 kW. Um carregador ultrarrápido conseguirá carregar uma bateria de 50 kW em cerca de 7 minutos e meia; a mesma bateria levará perto de 1 hora a ficar com a carga completa num carregador rápido.

Instalação ao longo do ano 2021

Os 82 carregadores ficarão colocados num total de 40 áreas de serviço das autoestradas A1, A2, A3, A4, A5, A6, A9, A13 e A14. Na primeira fase, ficarão excluídas as áreas de serviço de Oeiras, Águas Santas e Coronado-Trofa, que terão projetos próprios, “ainda em desenvolvimento”, segundo a concessionária.

A rede de autoestradas da Brisa conta com 17 carregadores em 17 áreas de serviço. Até ao final do primeiro trimestre, passarão a ser 29 carregadores; no final do segundo trimestre, serão 41; até ao final de setembro serão 53. O grande aumento de oferta será dado nos últimos três meses de 2021, para atingir os 82 carregadores em operação.

BP, Galp, Cepsa, Repsol e Ionity

Para lançar este projeto, a Brisa conta com o apoio das distribuidoras de combustível da sua rede de autoestradas: BP, Galp, Cepsa e Repsol. Também entra neste projeto a rede de carregamento de alta potência Ionity, que disponibiliza postos de carregamento ultrarrápido um pouco por toda a Europa.

A EDP Comercial será a comercializadora com maior peso na Via Verde Eletric, fornecendo 34 dos 82 pontos de carregamento, para a BP e a Repsol. 10 pontos de carregamento estarão disponíveis nas estações da BP na A1 e na A2; e 24 pontos estarão operacionais nas estações geridas pela Repsol, na A1, A2, A4, A6 e A9.

As áreas de serviço exploradas pela Cepsa terão os postos ultra-rápidos da rede Ionity. A parceria entre as duas entidades já tinha sido anunciada em julho de 2018.

Os pontos de carregamento da Galp contarão com o serviço fornecido pela GalpElectric, a marca para a mobilidade elétrica da empresa portuguesa.

0 Shares:
2 comments
  1. Gostei da sua publicação e conseguir tirar algumas dúvidas
    que eu tinha e não sabia ao certo onde procurar para
    poder esclarecer. Também possuo um site gratuito de
    utilidade pública e gostaria que você conhecesse. E quem
    sabe até trocarmos experiências sobre SEO ou marketing
    digital em nosso segmento. Agradeço à atenção e que
    Deus nos abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados