Tudo o que precisa saber sobre a sociedade 5.0

sociedade 5.0
As cidades inteligentes do futuro encontram-se no Japão, na China e na Arábia Saudita.

Sociedade 5.0, ou cidade inteligente centrada no ser humano, é a solução mais recente e eficiente no desenvolvimento urbano, face ao aumento da densidade populacional e à diminuição da qualidade de vida nas cidades.

Há muito tempo que a migração em massa, os níveis de poluição e a qualidade de vida tendem a ser um problema a nível global, sobretudo nas áreas urbanas. Na tentativa de combater esta tendência e recorrendo à tecnologia de ponta, países como o Japão, a China e a Arábia Saudita apresentam exemplos das cidades inteligentes do futuro.

É verdade, parecem cenários de ficção científica, mas são bem reais.

1.Cidade Inteligente Sustentável de Fujisawa- Japão

Construída na área de uma antiga fábrica da Panasonic, a Fujisawa SST, é a casa de 2000 pessoas.
Para além de ter sido a inspiração arquitectónica para o filme Vivarium, esta cidade inteligente é uma inspiração para todos nós no que diz respeito à sustentabilidade e à vida em comunidade. Tendo por base o conceito de sociedade 5.0, os  habitantes são encorajados a tirar o maior benefício das energias sustentáveis, existindo mesmo recompensas pelas boas ações ecológicas.

No que diz respeito à mobilidade, pedalar e partilhar automóveis elétricos é uma prática constante. Qualquer habitante da Fujisawa SST pode usufruir dos veículos públicos, bastando para isso utilizar o seu cartão de membro. No caso dos automóveis elétricos, o condutor só precisa de aproximar o cartão do vidro traseiro do automóvel para que este desbloqueie e fique pronto a seguir viagem.

Para saber mais sobre esta cidade inteligente veja o vídeo acima desenvolvido pelo Channel Panasonic.

2.Cloud Valley – Chongqing, China.

A Cloud Valley é o primeiro projeto de uma cidade assente, na sua totalidade, em inteligência artificial.
Pretende-se que esta seja uma cidade inteligente onde pessoas, tecnologia e natureza prosperem juntos, com espaços destinados para todo o tipo de vida, seja é ela humana, animal, natural ou até mesmo virtual. A ideia é utilizar os padrões de consumo, os hábitos sociais e as preferências individuais para proporcionar aos habitantes e visitantes uma experiência única de proximidade, em que os serviços são prestados de acordo com os padrões de excelência do indivíduo e todas as necessidades são suprimidas mesmo antes que este se aperceba que as têm.

Na mobilidade, são de esperar menos estradas, estacionamento inteligente e veículos autónomos que estarão sob o olhar atento da Inteligência Artificial.

A conclusão deste projeto polémico e ambicioso, de 1207 Km2, está agendada para 2024 e é sabido que, em simultâneo, por toda a China, estão a decorrer cerca de 500 projetos semelhantes.

Permita-se conhecer melhor este projeto através do vídeo do canal Cities of the Future disponível acima.

3.The Line- Neom, Arábia Saudita.

The Line é o novo projeto de cidade inteligente levado a cabo pela Arábia Saudita no plano de reforma para 2030. Esta megacidade futurista, irá abranger um raio de 160km e oferecer residência a cerca de 1 milhão de pessoas. E apesar de não haver automóveis nem estradas convencionais, haverá um sistema de transporte de alta-velocidade 100% ecológico que assegurará a deslocação dentro da cidade em pouco mais de 20 minutos. Também existirá mobilidade autónoma, todavia ainda não foi revelado como.

A construção da Cidade Zero Carbono, como também é conhecida, irá arrancar no final de 2020 e conta já com um investimento de 500 biliões de euros.

Pode ser difícil imaginar como vai ser esta cidade, mas o  What is THE LINE  lançou um video que poderá dar alguma ideias. Veja acima.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados