Peugeot prepara lançamento do furgão e-Boxer

2962787 0h6byeihve whr

A eletrificação automóvel está em curso e vai além dos modelos de passageiros. O furgão Peugeot e-Boxer abre encomendas ainda este ano.

A variante 100% elétrica do furgão de grandes dimensões da Peugeot terá várias opções de carroçaria. A partir de três distâncias entre eixos (3 m, 3,45 m e 4,04 m), as versões de furgões fechados declinam-se em quatro comprimentos (L1, L2, L3 e L4) e 3 alturas (H1, H2 e H3), compreendendo um total de cinco silhuetas que oferecem entre 5 e 17 m3 de volume útil, com uma carga útil máxima de até 1 890 kg (as baterias são montadas sob o piso, não tendo, por isso, impacto sobre o volume de carga). É proposto ainda em outras versões, de modo a ir ao encontro das necessidades específicas dos profissionais que necessitem de bases de transformação para as suas viaturas: chassis cabina simples (L2, L3 e L4), chassis cabina dupla (L3) e chassis simples (L3 e L4).

Duas opções de capacidade de bateria

Produzido, assim como os “primos” Citroën Jumper e Fiat Ducato, nas fábrica Sevel, em Val di Sangro (Itália), e, depois, eletrificado e homologado pela parceira BEDEO, o Peugeot e-Boxer tem potência máxima de 90 kW (122 cv) e binário máximo de 260 Nm. É proposto com duas opções de capacidade de baterias de iões de lítio: 37 kWh e 70 kWh.
As versões L1 e L2 estão disponíveis com a bateria de 37 kWh para uma autonomia WLTP de 200 km, ao passo que as versões L3 e L4 (bem como a versão chassis cabina L2) estão equipadas com a bateria de 70 kWh para uma autonomia máxima de 340 km (autonomias ainda em processo de homologação). A velocidade máxima está limitada eletronicamente a 110 km/h (90 km/h nas versões de quatro toneladas).

A Peugeot indica, em termos de tempo de carregamento, uma hora para conseguir 80% num carregador público de 50 kW (bateria de 37 kWh e 70 kWh). Já em ambiente doméstico (domicílio ou empresa), com uma wallbox de 22 kW uma carga completa ocorre em cinco horas (bateria de 37 kWh) ou nove horas (bateria de 70 kWh) com o carregador trifásico a bordo (22 kW); ou com uma wallbox de 7,4 kW demora seis (bateria de 37 kWh) ou 12 horas (bateria de 70 kWh) com o carregador monofásico a bordo (7 kW).

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
6 DEZEMBRO OPEL CORSA 1
Saber Mais

Novo Opel Corsa no mercado nacional

A sexta geração do Opel Corsa já está nos concessionários portugueses da marca. O modelo chega com oferta…