Kia EV6: Uma das melhores apostas elétricas para 2022

Kia EV6
(Fonte: KIA News Center)

O Kia EV6 é o novo crossover elétrico da marca. Com 585 cv, este é um dos automóveis com maior performance no mercado, superando o Ford Mustang Mach-E e o Tesla Model Y Performance. E custa 70 mil euros.

O construtor sul-coreano acaba de apresentar ao mundo o seu primeiro modelo elétrico de nova geração. Este é o primeiro de 11 novos modelos a bateria que a Kia pretende lançar até 2026. Sete dos quais serão baseados na nova E-GMP e os restantes assentes em plataformas ditas “multienergia”, isto é, derivados de modelos já existentes cuja arquitetura é adaptada para receber acumuladores.

Segundo a Kia, no mercado sul coreano, bastou um dia para que mais de 21 mil clientes efetuassem a pré-reserva online do EV6. O número impressiona, sobretudo se tivermos em conta que um dos principais rivais do novo EV6, o Porsche Taycan Cross Turismo, aponta para as 20.000 unidades/ano, mas para todo o mundo.

Em Portugal, prevê-se que a etapa inicial de encomenda arranque ainda em Abril e que as primeiras entregas ocorram em Setembro.

KIA EV6

O EV6 adota a arquitetura E-GMP estreada pelo novo Ioniq 5, e apresenta-se sob a forma de crossover. Com uma nova linguagem estilística, diferentes versões e cinco níveis de potência, até 510 km de autonomia, a sua prestação supera modelos de referência no mercado. Entre eles: o Lamborghini Urus, o Mercedes AMG-GT, o McLaren 570S, o Porsche 911 Targa 4 e o Ferrari California T.

Há cinco versões do EV6, com tração integral ou traseira e bateria de 58 kWh ou 77,4 kWh, capazes de recarregar os acumuladores a 800 e 400 V sem necessidade de quaisquer adaptadores. Isto permite ir dos 10 aos 80% da capacidade da bateria em apenas 18 minutos.

De acordo com a Kia, qualquer uma destas versões usufrui de bomba de calor e da capacidade de recarregar outros dispositivos elétricos, inclusivamente um outro veículo elétrico, até 3,6 kW.

Este novo modelo da Kia conta ainda com um sistema semiautomático de travagem regenerativa, acionado a partir do volante, que recupera a energia consoante as necessidades ou a vontade do utilizador. Assim, o condutor pode optar entre três modos de regeneração ou anular esta função.

Na função 100% automática (i-Pedal) é possível prescindir do travão, bastando a ausência ou a suavidade de pressão aplicada no acelerador para maximizar o efeito “travão” e a retenção de energia.

Em matéria de sistemas de segurança, o novo Kia contempla soluções como: a saída em segurança, que impede à saída da viatura; o assistente de fila de trânsito, que mantém o veículo centrado na respetiva faixa de rodagem; e ainda o auxílio remoto ao estacionamento, que permite efetuar a manobra à distância.

Interior

No infotainment, o Kia EV6 conta com um ecrã de 12 polegadas, tal como o painel de instrumentos digital. Esta dupla permite ao tablier despojar-se de comandos físicos e assumir uma estética minimalista, acompanhada por uma consola central “flutuante”.

Já no pára-brisas, à semelhança do que tem vindo a oferecer as mais recentes novidades, um head-up display de realidade aumentada projeta informação para facilitar a vida ao condutor. No entanto, caso o condutor prefira ser informado através do sistema de áudio, basta ativar a função Active Sound Design.

Quanto à arrumação, há espaço para acomodar bagagens à frente e atrás, cuja volumetria depende do número de motores. Assim, as versões com apenas tração traseira recebem até 52 litros na frente e as de tração integral vêm esse valor baixar para 20 litros. Atrás, a mala pode sempre acondicionar até 520 litros.

Kia EV6 GT

O Kia EV6 GT deixa para trás toda a concorrência, excepto o McLaren, cruzando os 400 metros da linha de chegada em 2.º lugar. Com 585 cv de potência e 740 Nm de binário às quatro rodas, impulsionando o crossover de 0-100 km/h em escassos 3,5 segundos, para depois atingir 260 km/h de velocidade máxima.

O topo de gama está disponível exclusivamente com tracção integral, um software específico para o diferencial de autobloqueio electrónico e uma bateria “Grande Autonomia”, capaz de percorrer mais de 510 km com uma carga completa.

Esta versão supera a versão normal, a 4S, e compete com o Turbo Cross Turismo, que anuncia 250 km/h e 3,3 segundos. Mas, em vez dos 160 mil euros que a Porsche exige pelo Taycan Turbo Cross Turismo, o novo Kia custará cerca de 70 mil euros.

1 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
Saber Mais

Mercedes lança novo Classe S

Espaço, requinte e tecnologia. Não fosse o porta-estandarte da Mercedes a nova geração é rica nestes três atributos.…