Comerciais Opel eletrificados em 2021

2191160 lt4yiq2sgp whr

A eletrificação dos veículos comerciais ligeiros está em curso. A Opel revelou o seu plano para eletrificar toda a gama de ligeiros de mercadorias até ao ano que vem.

O anúncio foi feito pelo CEO da Opel, Michael Lohscheller, na conferência de mobilidade SHIFT, que se realizou em Berlim. Lohscheller deu conta de que o fabricante alemão lançará uma versão do furgão Movano com motorização elétrica já em 2021. “Cada modelo da nossa gama de veículos comerciais oferecerá uma variante elétrica”, garantiu. Entretanto, ainda este ano (no outono), começarão a ser entregues os primeiros Opel Vivaro-e, com a variante elétrica do Combo a chegar em 2021. “A motorização elétrica é particularmente relevante no segmento dos veículos comerciais ligeiros”, afirmou o CEO da marca alemã, que integra o grupo PSA desde 2017. “Seja veículo de entrega ‘last mile’ ou transportador para o trabalho, com a nossa gama Combo, Vívaro e Movano, oferecemos a opção de circular sem emissões numa grande variedade de formatos”, acrescentou.

Eletrificação também nos passageiros

A eletrificação da gama de comerciais Opel segue em paralelo à da gama de modelos de passageiros. O Corsa-e a bateria e o híbrido plug-in Grandland X Hybrid chegaram ao mercado no primeiro trimestre de 2020. Segue-se em breve o monovolume Zafira-e e também o Mokka terá uma variante elétrica a bateria logo desde o lançamento. Versões eletrificadas do Opel Combo Life e do novo Opel Astra surgirão no próximo ano. “No próximo ano vamos oferecer na nossa gama um total de nove modelos eletrificados diferentes, que estão bem representados nos segmentos mais importantes”, disse Michael Lohscheller. “Tínhamos prometido que a Opel vai ser elétrica e vamos cumprir. Estamos a assumir um papel de liderança em matéria de CO2. E em 2024 teremos uma versão elétrica em cada modelo da nossa gama”, afirmou o CEO da Opel na SHIFT.

PSA produz baterias

O anúncio do Movano elétrico fixa, então, uma nova etapa na ofensiva da Opel na mobilidade elétrica, que se associa, também, em termos de grupo PSA, na produção de baterias. O Groupe PSA e a Total criaram a joint-venture Automotive Cells Company para o desenvolvimento e produção de baterias na Europa a partir de 2023. O centro de pesquisa e desenvolvimento em Bordéus e as instalações-piloto em Nersac, França, já arrancaram, com o objetivo de desenvolver as novas tecnologias de iões de lítio de alto desempenho, após o que arrancarão duas “gigafactories”, em Douvrin (França) e Kaiserslautern (Alemanha).

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
9 DEZEMBRO ACAP VENDAS NOVEMBRO
Saber Mais

Vendas nacionais estagnaram em novembro

Matriculou-se um total de 19 242 automóveis ligeiros (veículos de passageiros e comerciais) em Portugal em novembro, um…