Vendas de automóveis continuam em baixa

VENDAS AUTOMÓVEIS MAIO PORTUGAL ACAP

As vendas de automóveis novos em Portugal mantiveram-se, segundo a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), em baixa. Os efeitos da pandemia de Covid-19 na economia são fortes e isso nota-se no mercado automóvel.  

O mercado nacional matriculou, no mês passado, 7432 veículos ligeiros (passageiros e mercadorias), menos 71,6% do que os 26 193 de maio do ano passado. A tabela da ACAP indica que liderança por marcas coube à Peugeot (1011 unidades, -67,1%), seguida de Renault (889 viaturas, -77,5%) e Mercedes (809 automóveis, -48,8%).

Na análise do acumulado de janeiro a maio de 2020 verifica-se que foram matriculados 60047 novos veículos ligeiros, o que representou uma diminuição homóloga de 46,9%. Por marcas, neste segmento, a liderança acumulada é, também, da Peugeot (-44,3%, para 7934 unidades), seguida de Renault (-56,2%, para 7586 matrículas) e Mercedes (-29,2%, para 5559 registos).

A totalidade das marcas do “top” 10 do ranking da ACAP perdeu em relação aos primeiros cinco meses de 2019. A Mercedes foi a marca que menos caiu (-29,2%). Já a maior quebra acumulada entre os construtores mais vendidos coube à Opel (-57,3%).

Ligeiros de passageiros com queda ainda maior

Por de segmentos, em maio foram vendidos em Portugal 5741 automóveis ligeiros de passageiros, menos 74,7% face ao mês homólogo do ano passado. No acumulado de 2020, as vendas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 53 772 unidades, menos 47,9% do que no ano anterior.

Quanto às vendas de comerciais ligeiros, cifraram-se, no passado mês, em 1691 unidades (-51,3%). As vendas acumuladas dos cinco primeiros meses de 2020 no segmento foram de 9275 veículos, o que representou um decréscimo de 39,6% em relação ao período homólogo do ano anterior.

Nos veículos pesados (passageiros e mercadorias) verificou-se em maio uma quebra de 68,5% em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 147 veículos desta categoria. No acumulado de janeiro a maio, as vendas situam-se nas 1276 unidades, menos 44,7% face ao mesmo período de 2019.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
13 JANEIRO SEAT LUCA DE MEO RENAULT
Saber Mais

Luca de Meo de saída da Seat

A Seat anunciou, esta terça-feira (dia 7), que Luca de Meo saiu da presidência da marca. O construtor…