Mercado continua a baixar velocidade

03 MAIO ACEA VENDAS EUROPEIAS

O mercado português de automóveis ligeiros (veículos de passageiros e comerciais) caiu 10,3% em março, para 28 090 unidades matriculadas, indicam os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A Renault foi a marca que mais vendeu em março em Portugal, com 4704 unidades (-3,1%), seguida pela Peugeot, com 3002 matrículas (- 5,1%), e pela Citroën, com 1918 viaturas (- 5,1%).

Realce para a Tesla, que passou em janeiro a constar das estatísticas da ACAP, que teve em fevereiro o primeiro mês completo de “contabilização” portuguesa e que fruto da chegada do Model 3 fechou o mês com 355 matrículas. Este número coloca a marca de Elon Musk com uma quota mensal de cerca de 1%, superior à de marcas como Audi, Honda, Skoda, Mazda, Suzuki e Jaguar.

Voltando à totalidade do mercado, no acumulado do primeiro trimestre de 2019, foram matriculadas 68 171 viaturas ligeiras novas em Portugal, menos 5,1% do que no mesmo período do ano passado.

Por marcas, a Renault recuperou a liderança, apesar de ter vendido menos do que no período homólogo de 2018 (- 9,1%, para 9794 unidades). Seguiram-se Peugeot (+ 2,6%, para 8133 matrículas) e Citroën (+ 2,3%, para 5210 unidades).

Quanto aos veículos pesados (passageiros e de mercadorias), os dados da ACAP indicam que houve uma subida de 27,3% face a março do ano passado, tendo sido comercializadas 461 viaturas desta categoria. Entre janeiro e março, as vendas deste segmento situaram-se nas 1452 unidades, mais 15,3% do que no mesmo período de 2018.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
Saber Mais

Mercedes lança novo Classe S

Espaço, requinte e tecnologia. Não fosse o porta-estandarte da Mercedes a nova geração é rica nestes três atributos.…