Hyundai Tucson do futuro chega no fim do ano

Large 43083 2022Tucson

A quarta geração do C-SUV da Hyundai, o Tucson, chega ao mercado nacional ainda em 2020. O visual do modelo traz o futuro para o presente.

“Sensuous Sportiness” é a nova assinatura estilística deste SUV, que corta totalmente com o que conhecemos da anterior geração. Esta arquitetura visual já era conhecida da nova geração do Sonata, que não está na Europa, pelo que o novo Tucson marca a sua estreia no Velho Continente. O visual do modelo tem como base padrões geométricos (“parametric jewels”). Na frente, o grupo ótico funde-se com a grelha dianteira ao estilo de um puzzle concebido com peças geométricas que assumem diferentes tonalidades de acordo com o funcionamento das luzes dianteiras. O perfil e o lateral do modelo mantêm a mesma filosofia de ângulos vincados que se cruzam e sobrepõem.

Com um comprimento de perto de 4,5 metros, o novo Hyundai Tucson está, face ao antecessor, mais comprido 20 mm, 15 mm mais largo e 5 mm mais alto, com a distância entre eixos 10 mm maior. Também a capacidade da bagageira cresceu, estando, agora, nas versões com motorizações tradicionais, nos 620 litros. Também o habitáculo tem um visual futurista, devido à praticamente inexistência de botões ou comandos físicos, passando quase tudo a ser operado na consola central que assume forma de “touch screen” com base no ecrã AVN-T de 10,25 polegadas. De igual modo, o painel de instrumentos também foi adotado a mesma arquitetura digital.A evolução da aplicação Bluelink, permite novas funcionalidades como o Connect Routing, Last Mile Navigation e ainda o Perfil do Utilizador. Entre as tecnologias propostas pelo modelo está a Travagem Autónoma de Emergência com função de deteção de carros, peões e ciclista.

Três opções eletrificadas

A nova geração Hyundia Tucson será proposta com dois motores de combustão (um gasolina e outro diesel) e três opções eletrificadas. A gasolina, a opção será o 1.6 T-GDi com 150 cv, com caixa manual de seis relações e tração à frente ou 4WD. Em termos de diesel, está disponível o 1.6 CRDi de 115 cv.

Quanto às soluções eletrificadas, o híbrido paralelo combina o motor 1.6 T-GDi a gasolina com uma unidade elétrica de 44,2 kW, que possibilita uma potência combinada de 230 cv e um binário de 350 Nm. A tecnologia mild hybrid de 48V pode ser associada a três de motorizações, 1.6 T-GDi (150cv), 1.6 T-GDi (180 cv) e 1.6 CRDi (136 cv), sendo que as duas últimas têm opção de tração integral. Mais perto da data de chegada da quarta geração Hyundai Tucson será dada a conhiecer uma versão híbrida plug-in associada ao motor 1.6 T-GDi com 265 cv.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
10 JAN VENDAS 2018 SLIDER
Saber Mais

Comprar ou alugar carro?

Seja um particular ou uma empresa, quem procura um carro novo sabe que tem nas mãos uma decisão…