Terceira geração Fiat 500 com charme ligado à corrente

HP new 500

A terceira geração do Fiat 500 foi dada a conhecer pela marca italiana. Destaque para o facto de ter apenas variante elétrica.

A nova plataforma deu ao 500 maiores dimensões. São mais 6 cm de largura, mais 6 cm de comprimento e mais 2 cm de distância entre eixos.

A segunda geração do 500, lançada em 2007 (e alvo de vários restylings) e que recuperou o “mítico” modelo original (de 1957), irá manter-se em comercialização com a motorização híbrida recentemente lançada.

O novo Fiat 500 tem motor elétrico com 87 KW (118 cv) que permite ao citadino uma velocidade máxima de 150 km/h (autolimitada) e uma aceleração de zero a 100 km/h de 9 segundos e de zero a 50 km/h em 3,1 segundos. O modelo monta uma bateria de iões de lítio com capacidade de 42 kWh que lhe permite uma autonomia de 320 km no ciclo WLTP.

 

Carregamento em casa leva seis horas

Para otimizar o tempo de carregamento, o novo Fiat 500e é equipado com um sistema de carregamento de 85 kW (AC e DC) para carregar a bateria com maior rapidez. Em cinco minutos para constituir uma reserva de energia suficiente para viajar 50 km. O carregador rápido pode também carregar a bateria a 80% em apenas 35 minutos. Há, além disso, soluções de carregamento doméstico. A Easy Wallbox (pronta para otimizar a potência até 7,4 kW), fornecendo carga total em casa em apenas cerca de seis horas.

 

Triplo modo de condução

O 500e tem três modos de condução: Normal, Range e Sherpa.
A condução no modo Normal assemelha-se à do veículo a combustão e a Range ative a função “one-pedal-drive”, em que o modelo pode – quase – ser conduzido apenas com o pedal do acelerador, dado que ao libertar esse pedal há uma desaceleração mais forte, havendo apenas necessidade de pisar o travão para imobilizar o veículo.

Por fim, o modo de condução Sherpa atua sobre diversos componentes para reduzir o consumo de combustível ao mínimo, a fim de assegurar uma tranquila chegada ao destino definido no sistema de navegação ou à estação de carregamento mais próxima. Tal como um Sherpa dos Himalaias, encarregado de guiar toda a expedição até ao destino, este modo de condução ajusta vários parâmetros: velocidade máxima, limitada a 80 km/h; resposta do acelerador, de forma a reduzir o consumo de energia; desativação do sistema de ar condicionado e do aquecimento dos bancos (o condutor tem a opção de ativá-los em qualquer altura).

 

Pré-encomenda para edição de lançamento

As encomendas têm abertura prevista para o início de julho, altura em que o grupo Fiat apresentará a gama e preços. O modelo já pode, porém, ser alvo de encomenda na sua edição de lançamento, a “la Prima”, em www.fiat.pt.

Os passos requeridos são realmente simples: escolha a cor, registo e escolha de concessionário, efetuando então um depósito de 500 euros (reembolsável). Este utiliza o código postal para identificar incentivos ambientais, exibindo o preço final, bem como os benefícios nacionais e locais disponíveis. Com vários equipamentos de conforto, segurança e tecnologia, o novo Fiat 500 “la Prima” Cabrio custa 37 900 euros (incluindo Easy Wallbox e sem eventuais apoios estatais à compra).

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
RENAULT ALPINE EM RISCO
Saber Mais

Renault Alpine em risco

A Alpine, que regressou em 2018 com o desportivo A110, pode estar em risco. A fábrica de Dieppe…