Europa vendeu mais elétricos do que a China

ELÉTRICOS EUROPA SUPERA CHINA

No primeiro trimestre de 2020, pela primeira vez, comercializaram-se mais automóveis elétricos na Europa do que na China, garante a consultora PwC.  

Tome nota pois trata-se de algo nunca visto: nos cinco maiores mercados da Europa- Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Espanha -, venderam-se 79.300 viaturas com a tecnologia, contra as 77.256 comercializadas na China. Os números são da consultora PwC, cujas previsões para este ano não contavam com a crise pandémica que estamos a viver. Teremos mesmo de aguardar alguns meses para perceber como o Covid-19 poderá ter influenciado a venda de automóveis elétricos no mês de abril e agora em maio, mas é um facto – inédito – que no primeiro trimestre deste ano as vendas na Europa superaram as Chinesas. Na Europa, comparando os resultados de janeiro, fevereiro e março com os do período homólogo do de 2019, as vendas de automóveis elétricos mais do que duplicaram. Na China, em contrapartida, registou-se uma redução significativa na procura (mais de 50%), para 77.256 unidades.

A China confrontou-se primeiro com a pandemia da COVID-19, o que terá impacto nos números a registar no resto ano. No maior mercado do Mundo, a crise de saúde pública também obrigou ao encerramento dos concessionários, o que originou quebra de mais de 50% nas matrículas de carros novos. Na Europa, a maioria dos pontos de venda só agora começa a abrir portas e o prognóstico quanto a resultados comerciais é muito reservado.

Tesla na liderança

Na Europa, até ao início da crise, um em cada sete automóveis novos matriculados tinha motor elétrico em vez de mecânica de combustão interna convencional a gasolina ou gasóleo. O Tesla Model 3 manteve-se no topo da procura, à frente do Renault Zoe. Este ano, a PwC antecipava a venda de 11 milhões de elétricos em todo o Mundo, previsão que como já vimos não considerava o impacto da COVID-19.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
RENAULT ALPINE EM RISCO
Saber Mais

Renault Alpine em risco

A Alpine, que regressou em 2018 com o desportivo A110, pode estar em risco. A fábrica de Dieppe…