Escolher e instalar uma cadeira auto

cadeira auto

Os sistemas de retenção infantil, conhecidos também como cadeiras auto são um requisito obrigatório para o transporte de crianças no carro. No entanto, para garantir que estes sistemas de segurança funcionem de forma eficaz é importante saber como escolhê-los e utilizá-los. 

Como escolher uma cadeira auto:

Para escolher a cadeira auto adequada deverá ter atenção às variantes peso e altura. Na Europa, existem 2 regulamentos (129 e 44) para a homologação de sistemas de retenção para crianças.

O regulamento 129, também conhecido por I-size, utiliza a altura da criança para classificação das cadeiras. Já o regulamento 44, utiliza o peso da criança para a classificação das cadeiras em grupos de segmentação.

  • Grupo 0: indicado para crianças com menos de 10 kg;
  • Grupo 0+: adequado para recém-nascidos e bebés com menos de 13 kg;
  • Grupo 1:  recomendado para bebés entre os 9 e 18 kg;
  • Grupo 2:  indicado para crianças entre 15 e 25 kg;
  • Grupo 3: adequado para crianças entre 22 e 36 kg.

O regulamento 129, por ser mais recente, já inclui várias alterações importantes. Por exemplo, a homologação de cadeiras viradas para a frente apenas depois dos 15 meses de idade e a categorização das cadeiras auto de acordo com a altura para garantir uma melhor adaptação da criança.

Segundo a Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI):

1. As crianças até aos 3 ou 4 anos, devem viajar em cadeirinhas voltadas para trás até aos 3 ou 4 anos. Só assim, numa colisão frontal (as mais frequentes e, regra geral, mais graves), as suas costas, a cabeça e o pescoço serão amparados uniformemente. As cadeiras voltadas para trás são as que protegem de forma mais eficaz – em caso de acidente, podem salvar a vida de 9 em cada 10 crianças.

2. No caso dos recém nascidos (até aos 13 Kg ou 75 cm) o ‘ovinho’ é a cadeira auto mais indicada. Deve ser utilizada desde a primeira viagem do bebé, da maternidade para casa, e até o mais tarde possível, mesmo que os pés batam nas costas do banco ou que as pernas fiquem dobradas. Enquanto pesar menos de 13 Kg, o arnês (cinto interno) estiver à altura do ombro e a cabeça bem apoiada, a criança não deverá mudar para uma cadeira maior.

3. Para as crianças com mais de 12 meses existem muitos modelos de cadeiras auto. O mais importante é que a criança continue a ser transportada voltada para trás, sempre que possível, até aos 3 ou 4 anos. Antes dos 2 anos, a criança nunca deve viajar virada para a frente. Os modelos que estão homologados de costas são dos 0-18 Kg, dos 9-19 Kg, dos 9-25 Kg ou até aos 105 cm.

Estes modelos nunca devem ser utilizados antes dos 8 ou 9 meses, mesmo que a criança já pese mais que o peso mínimo indicado. 

4. Existem cadeiras auto com e sem Sistema ISOFIX. As cadeiras Isofix são consideradas mais seguras, pois são mais fáceis de colocar e reduzem os erros de instalação. Este sistema é mais importante nas cadeiras com arnês (cintos internos) instaladas voltadas para a frente porque reduz as folgas na fixação, muito perigosas em caso de acidente.

5. Depois dos 4 anos e quando pesam mais de 15 Kg, as crianças já podem viajar viradas para a frente numa cadeira de apoio (banco elevatório com costas). Caso a criança ainda fique bem na cadeira anterior – isto é, não ultrapasse o peso máximo indicado, os cintos internos fiquem à altura do ombro, não exista folga na fixação ao automóvel, a cabeça fique bem apoiada – não é necessário mudá-la de imediato.

Os modelos com costas reguláveis em altura são preferíveis já que permitem uma maior adaptação do cinto do automóvel ao corpo da criança. Os modelos com costas destacáveis, que se transformam num banco elevatório, podem ser utilizados até mais tarde. As costas não devem ser retiradas antes dos 8 ou 9 anos.

6. O banco elevatório pode ser utilizado a partir dos 8 ou 9 anos, caso o cinto de segurança não incomode no pescoço e o carro possua encostos de cabeça nos lugares de trás. Se a cadeira de apoio for suficientemente alta, a criança deve continuar a utilizá-la pois oferece maior proteção lateral e conforto.

É obrigatório usar pelo menos um banco elevatório até aos 12 anos ou 1,35 m de altura.

cadeira auto

Como instalar uma cadeira auto:

Para garantir a segurança das crianças, as cadeiras auto devem ser sempre instaladas de acordo com as indicações do fabricante e do veículo.

A cadeira auto deve estar bem fixada à estrutura do carro através dos cintos de segurança ou do sistema ISOFIX, que permite uma instalação mais fácil, rápida e segura.Estas cadeiras encaixam em dois pontos inferiores, na base das costas do banco do automóvel, e fixam-se num terceiro ponto (atrás das costas do banco, na bagageira, ou apoiam no chão do carro). A existência de 3 pontos de apoio evita a rotação da cadeira em caso de acidente. Para utilizar estas cadeiras é necessário um carro equipado com Isofix.

Se a cadeira auto for instalada no banco da frente, é muito importante ter atenção aos airbags do carro. Para este tipo de instalação, o airbag frontal do passageiro terá que ser desligado através do dispositivo previsto para o efeito ou desativado pelo representante da marca com a autorização da DGV.

Dicas a ter em conta: 

Antes de comprar, experimente sempre a cadeira auto no automóvel. Tenha especial atenção aos modelos semiuniversais e Isofix, nos quais a probabilidade de incompatibilidade é maior.a

Compre uma cadeira nova para cada criança. Caso deseje utilizar uma cadeira auto emprestada ou em 2ª mão, faça-o apenas se for de amigos ou familiares que possam garantir que nunca esteve envolvida num acidente. Mesmo assim, não deverá ter sido utilizada por mais que 1 criança e deverá possuir a etiqueta de homologação e instruções mínimas de instalação e utilização coladas na própria cadeira.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados