Covid-19 paralisou mercado automóvel em março

VENDA AUTOMOVEL MARÇO ACAP COVID19

As vendas de automóveis novos sofreram uma travagem brusca em março, devido à pandemia de Covid-19. Os números da a Associação Automóvel de Portugal (ACAP) revelam que o mercado nacional matriculou, no mês passado, 12 253 veículos ligeiros (passageiros e mercadorias), menos 56,7% do que os 28 090 de março de 2019.

“E, mesmo assim, no mês de março foram matriculados muitos veículos cujas encomendas tinham sido efetuadas antes da pandemia do coronavírus”, indica a ACAP.

No acumulados do primeiro trimestre de 2020 foram comercializado colocados em circulação 51 918 novos veículos ligeiros, o que representou uma diminuição homóloga de 23,8%. Por marcas, neste segmento, a liderança trimestral cabe à Peugeot (-21,2%, para 6405 unidades), seguida de Renault (-35,9%, para 6274 matrículas) e Mercedes (-7%, para 4414 registos).

Entre as marcas do “top” 10, a Nissan foi a única que cresceu nos três primeiros meses do ano (+5,9%). Já a maior quebra entre os construtores mais vendidos coube à Opel (-36,4%).

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
CANTAR TAXI SLIDER 1
Saber Mais

Mercado automóvel europeu estagna

Estagnação foi a palavra de ordem do mercado europeu de automóveis ligeiros de passageiros em maio, de acordo…