Bentley apresenta novo descapotável Continental GT

7 DEZ BENTLEY DESCAPOTAVEL DESTAQUE

A Bentley vai lançar um novo descapotável Continental GT Convertible. Projetado e produzido na Grã-Bretanha, o GT Convertible representa a essência da marca automóvel de luxo.

Adrian Hallmark, chairman e CEO da Bentley Motors, descreve este modelo como um “eufemismo elegante que força as pessoas a olharem; uma engenharia de excelência que o fará ser tomado como garantido – a extraordinária capacidade oferecida pelo novo Continental GT Convertible é única e só pode ser oferecida pela nossa nobre marca britânica”.

O exterior elegante e escultural harmoniza-se perfeitamente com uma requintada cabine artesanal, apresentando bancos em couro, da mais alta qualidade, e folheados de origem sustentável.

O tejadilho, feito sob medida, pode ser aberto ou recolhido em apenas 19 segundos, mesmo com o carro a circular a velocidades até 50 km/h.

O descapotável Bentley Continental GT Convertible passa assim de um coupé de luxo para um Grand Tourer com um simples toque num botão.

Este modelo possui um potente motor Bentley W12 de 6 litros e uma transmissão de oito velocidades com embraiagem dupla. O motor de 635 cv chega aos 100 km/h em apenas 3,8 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 333 km/h.

O novo Continental GT Convertible também apresenta a aplicação exclusiva de tecnologia da Bentley. Um avançado painel de instrumentos, totalmente digital, e o Bentley Rotating Display, desenhado para o condutor, estão entre as principais inovações.

Este último apresenta um impressionante ecrã tátil de 12,3 polegadas, alojado numa unidade de três lados, que gira para revelar um ecrã tátil ou três elegantes mostradores analógicos. A escolha fica a cargo do condutor.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
13 JUNHO ACAP VENDAS MAIO
Saber Mais

Mercado cai em maio

O mercado português de automóveis ligeiros (veículos de passageiros e comerciais) caiu 3,4% em maio, de acordo com…