Automóveis pagaram 4,64 mil milhões de impostos ao Estado

13 FEVEREIRO RECEITA FISCAL ANECRA

O Estado português recebeu 4,64 mil milhões de euros de impostos ligados à compra e uso de automóveis no ano passado, indica a Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA) com base na Síntese de Execução Orçamental, divulgada pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

A receita fiscal total (todos os impostos) dos cofres públicos ascendeu a 46 mil milhões de euros. Este montante é um aumento de 1,68 mil milhões de euros (+3,8%) face a 2018, sendo a subida explicada pela DGO, sobretudo, “pela evolução da receita do IVA, bem como, em menor escala, do IRS e ISP [Imposto sobre os Produtos Petrolíferos]”.

No que aos impostos relacionados com os automóveis diz respeito, em 2019 a receita de imposto sobre veículos caiu 39,6 milhões de euros (-5,2%), a de imposto único de circulação cresceu 33,8 milhões de euros (+8,8%) e a de imposto sobre produtos petrolíferos aumentou 230,3 milhões de euros (+7%).

A ANECRA slienta que, “nesta perspetiva, destaca-se também o facto da quebra da receita sobre a aquisição e o aumento sobre a utilização”.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recomendados
VOLVO RECICLADO
Saber Mais

Volvo V90 e S90 reforçados

Os híbridos plug-in estão cada vez mais na ordem do dia. A Volvo, uma das marcas mais ativas…